Só acho engraçado que....

|| || Nenhum comentário ♡

[09 - BEDA] 

Só acho engraçado como as coisas mudam num piscar de olhos. Uma hora pessoas as quais você confiava, hoje você sente preguiça de ter que falar com ela, enquanto outras que você gostaria de manter distância, acabam te cativando.

Mas não sei, ultimamente muitas coisas tem me chateado, hoje o dia não foi dos melhores, o que surpreendentemente deveria ter sido, já que hoje o vídeo de debut do meu grupo de dança foi lançado, mas foi um dia 8/80. Uma hora estava ótimo, na outra por conta de atitudes e coisas que aconteceram me deixaram bem pra baixo. Acho que o dia só não está tão ruim porque eu comi um salgadinho de mel muito bom, e consegui ir até bem na minha aula de volante; fora isso tudo que deveria me dar alegria apenas me deixou ainda mais pra baixo. 

Não vou mentir: minha faculdade, amizades, corpo, tudo anda me deixando muito estressada e eu posso fazer o esforço que for que nada muda. Eu não tenho paz um só momento e isso está me desgastando. Nunca nada está bom o suficiente pros outros, e eu não posso viver minha vida em paz porque minha faculdade e toda a burocracia que tem pra se viver não deixam. Eu sinceramente estou cansada. Nas minhas férias foi a mesma coisa que não estar de férias. Minha mente não está descansada, e eu não estou em paz. 

Bom, mas amanhã eu tenho uma nova chance de fazer tudo ser melhor pra mim, e vou seguindo um dia após o outro. Se coisas não deram certo, provavelmente era por que não era a minha hora, e se pessoas vem e vão, é melhor não se importar mais, pois isso cansa, desgasta e não muita das vezes não vale a pena insistir. 

Vou saber o meu melhor, mas não garanto que daqui uns 5 anos eu não vá virar e dizer: "Só acho engraçado que...". 

Respeito ao cadáver

|| || Um comentário ♡

“Ao curvares, com a lâmina rija do teu bisturi, sobre o cadáver desconhecido, lembra-te de que este corpo nasceu do amor de duas almas, cresceu embalado pela fé e pela e esperança daquela que, em seu seio o agasalhou.

Sorriu e sonhou os mesmos sonhos das crianças e dos jovens, por certo amou e foi amado, esperou e acalentou uma manhã feliz, e sentiu saudades dos outros que partiram; e agora faz na fria lousa, sem que por ele tivesse derramado uma lágrima sequer, sem que tivesse um ma único beijo de despedida, sem que tivesse uma só prece.

Seu nome, só Deus sabe, mas o destino inexorável deu-lhe o poder e a grandeza de servir a humanidade que por ele passou indiferente...”

(Rokitansky, 1876)

Hoje eu tive minha primeira aula de anatomia, e meu professor passou isso para a turma. Confesso que depois de tudo que eu ouvi hoje durante a aula, reforçou totalmente meu pensamento sobre estudar corpos, sejam eles de animais ou seres humanos. É algo que quando feito sem respeito e ética, deixa de ser interessante, e passa a ser uma coisa horrível. 

Hoje eu tenho ainda mais nojo de alunos que postam em redes sociais, expondo orgãos e cadáveres sem nenhum tipo de respeito, com um sorriso enorme no rosto, e achando graça de comentar sobre as coisas. Não é engraçado, não é divertido, é no máximo interessante, porque esse alguém que você fatia e apalpa já foi uma pessoa esquecida pelo resto do mundo na maioria das vezes, e que não pode descansar em paz.  

Independente se há ou não um paraíso para além da vida, e que um corpo é simplesmente um corpo, não tira o fato de que um dia alguém o habitou, e todos deveríamos respeitá-lo. Acho que as pessoas que fazem brincadeiras e expõe sobre não pensa na possibilidade que poderia ser alguém da sua família, com um aluno rindo e abrindo essa pessoa. Como vocês se sentiriam?! Eu não consigo nem imaginar sobre, porque me dói, e me dói muito. 

Estudar corpos, funções, e tudo o que nos compõe ou compõe coisas que amamos, é interessante e fascinante, mas tirar sarro disso como se aquilo fosse simplesmente um simulador online onde a vida de ninguém está em jogo, é sujo, obscuro, nojento e repugnante. Eu espero que os alunos e profissionais que tem essa matéria, e contato com tais sejam respeitoso, pois é aquela famosa frase: Poderia ter sido com qualquer um. 

Faço questão de guardar aqui as palavras de Rokitansky, pois são belas e verdadeiras. 

[08 - BEDA]

Dica de filme: O Segredo do Vale da Lua

|| || Nenhum comentário ♡

[07 - BEDA]

Olá pessoas! Depois de séculos eu finalmente vou indicar um filme pra vocês! Esse filme eu lembrei dele, porque minha mãe tinha comprado o DVD a uns mil anos atrás, e eu sempre fui apaixonada por toda a história e os efeitos dele. É um filme que eu adoro e sempre estava assistindo ele, dai um belo dia navegando no youtube eu acabei achando ele completo e claro, sofri muito sim! Então eu resolvi deixar aqui pra vocês assistirem. Vou deixar os dados técnicos e a sinopse dele também claro. ♥


Resultado de imagem para O segredo do valePaís: Hungria, Inglaterra, França
Classificação: livre
Estréia: None
Duração:103 min.
Direção: Gábor Csupó
Elenco: Ioan Gruffudd , Dakota Blue Richards , Tim Curry , Augustus Prew , Natascha McElhone , Juliet Stevenson , Tamás Tóth




Bela Bontempo (Dakota Blue Richards) é uma órfã de 13 anos, que precisa se mudar da mansão em que mora para a sombria casa de seu tio Benjamin (Ioan Gruffudd), no misterioro Vale da Lua. Ao passear pela floresta próxima à sua nova casa, ela descobre uma maldição que divide duas famílias há séculos e que põe em risco o próprio vale. Para salvar o local, Bela precisa quebrar o feitiço antes da 5.000ª lua cheia. Para tanto ela conta com a ajuda do chefe Pierre (Michael Webber), um cozinheiro maluco, a sra. Lavandísca (Juliet Stevenson), sua babá, e o cão Rufus.




As músicas mais queridinhas do meu celular

|| || Nenhum comentário ♡

[06 - BEDA]

O BEDA de hoje vai ser mais tranquilo e sem textões, porque eu estou tranquila. Então como estava de bem da vida, eu resolvi fazer uma playlist das músicas mais tocadas do meu celular. Eu ia colocar as 25 mais tocadas, porém como ia demorar demais e eu to com preguiça sim, eu resolvi deixar as 10 mais tocadas das 25 mais tocadas. Vocês entenderam né. u.u então é isso♥ 
Espero que curtam as músicas ♥



Gostar de alguém é bizarro

|| || Nenhum comentário ♡

[05 - BEDA]

Eu escrevi esse título, mas ao mesmo tempo que eu concordo, eu discordo dele. Enfim vamos lá. 

Tudo que eu escrevo aqui é sobre mim e sobre o que eu penso, então não fiquem achando esquisito, porque eu sou super esquisita ainda mais sobre gostar (romanticamente) de outra pessoa. Eu sou a favor de todas as formas de amor, e de verdade eu não ligo e acho que ninguém deveria ligar pro amor das outras pessoas. Você deve se importar e zelar apenas do seu, e quando algo não estiver certo, daí sim você juntar outra pessoa no meio e pedir ajuda. Quem come calado, come mais; e amor que não tem muitos espectadores também rende mais.

Não, pera não era sobre isso que eu queria falar. Eu queria dizer que eu sou uma negação sobre esse tipo de assunto. Eu cresci não tendo nenhum tipo de contato com esse tipo de coisa, e meu único namoradinho foi um garoto que namorei por 5 anos via internet. E pasmem, quando eu penso que deixo de gostar dele, eu ainda gosto dele. 

Nós ainda temos contato, apesar de termos nos afastado, sei lá, nós somos amigos desde sempre, e esses dias estava discutindo com ele sobre o amor e em como as pessoas banalizaram essa palavra e esse tipo de sentimento. Acho que só esse ano, teve conhecidos meus que juraram amor eterno umas 3 vezes, para 3 pessoas diferentes, e isso me apavora. Me apavora até mesmo ouvir pessoas dizendo que gostam de mim, e querem me conhecer e que me amam, porque amor não nasce assim. Talvez até as outras pessoas amem, mas EU não consigo amar assim. 

Enfim, nós discutimos sobre isso, falamos que parte disso são pessoas que não aguentam a solidão ou tem que manter um status social simplesmente para firmar sua opção perante a sociedade e isso é verdadeiro e um lixo. SIM, tem pessoas que amam de verdade, mas muitas dessas pessoas preenchem um vazio com algo ainda mais vazio. Estar com alguém sem amar, e jurar coisas pra elas é baixo e machuca. Machuca muito, e pra pessoa machucada é difícil de você seguir a vida achando que não vai se machucar novamente, a pessoa entra numa defensiva, que nem o mais belo dos elogios e a mais lindas das promessas vão fazer essa pessoa seguir. Hipoteticamente falando *rindo de nervosa*, as coisas acontecem assim. 

Tá, as coisas acontecem assim pra mim. 

E é por conta disso que eu não consigo aceitar esse tipo de coisa, quero dizer, tudo o que foi prometido entre nós dois, mesmo que hoje não estejamos juntos por N motivos, claramente faria-se realidade se estivéssemos perto, e nós dois concordamos com isso. Mesmo que cada um siga sua vida, aquela parte de mim vai estar com ele, até que um dia isso seja substituído por alguém que verdadeiramente vai me amar ao mesmo nível ou mais. É super ridículo falar isso, porque atualmente não existe isso de amor verdadeiro. Tudo é substituível rápido demais, e as pessoas sofrem por um dia e no outro já estão pistola, eu não consigo entender.

Enfim, eu já tentei gostar de outra pessoa, quer dizer, eu gostei de outras pessoas, e foi até divertido durante um tempo, mas depois sempre tudo simplesmente se quebra e eu me dou por vencida. Afinal de contas, gostar de alguém não é amar alguém. E o amor é mais forte que tudo.

AHAHAHAHA GENTE PELO AMOR DE DEUS, OQUE EU TO FALANDO, ME DESCULPA MAS É ISSO AI! A GENTE SEGUE O BONDE SENDO FELIZ E SOZINHA, COMENDO E APRENDENDO COISA NOVA NÃO É MESMO?! É MESMO! ENTAO BEIJOS SDKJAOIJDASJ

Adulta em 1 mês , QUE?

|| || Nenhum comentário ♡

[04 - BEDA]

Bom, hoje vou falar um pouco sobre como eu vivi uma vida adulta durante um mês. 

Como eu fui uma boa aluna, eu acabei entrando de férias mais cedo de quem não se esforçou, o que me deu um bom tempo para que eu pudesse resolver minha vida, ou pelo menos tentar. Com uma bolsa em mãos, documentos dentro dela e número importantes no meu celular eu pude embarcar na minha jornada de adulta.

Em primeiro lugar eu me senti desde que eu parei de trabalhar, eu me sinto um peso dentro de casa. Não sei dirigir, não ganho meu dinheiro, e atualmente sou decepcionada com minha pessoa num geral. A minha única conquista maior que foi emagrecer 24kg foi por água abaixo porque eu estou uma baleia (engordei 15kg desses 24kg que emagreci), e me sinto pior do que nunca MAS, isso é assunto pra outra coisa, VOLTANDO AQUI .... Eu me sinto um fardo dentro de casa, mesmo que seja dito o contrário, então nessas férias eu resolvi agilizar minha vida.

Mandei uma solicitação para fazer um curso EAD online, para que eu possa pelo menos ter algum tipo de especialização a mais, e estou esperando o retorno ate hoje. Mas não estou otimista sobre isso, queria algo presencial, porque as coisas pra mim só funcionam assim.

Resolvi todo o meu processo para tirar a carteira de motorista, e dia 08, eu começo a pegar o volante, já que eu fiz a prova teórica e eu PASSEI!!! Mas particularmente acredito que o pior está por vir, a cidade é um local perigoso e eu sou só uma florzinha do campo no meio de um monte de brutamontes desesperados no meio do trânsito, SOCORRO!!!!!!

Em março eu fiz minha primeira viagem sozinha, e estou me planejando para fazer novamente. Não sei quando mas eu adorei muito a experiência e eu quero repetir isso. Também tenho ido com mais frequência para uma cidade vizinha, menos movimentada aqui perto, mas estou cogitando começar a andar sozinha em outra cidade do lado mais movimentada. Preciso ser uma mulher independente. #GIRLPOWER

Consigo comprar qualquer coisa nos estabelecimentos mesmo o (a) atendente sendo aproximadamente da minha idade. É, é bem ridículo isso EU SEI, mas eu realmente ficava com muita vergonha de falar algo errado ou de ser julgada ou qualquer coisa do tipo. Afinal de contas eu sou uma pessoa como qualquer outra que vai ser atendida, então estou muito feliz com essa realização.

E por último mas não menos importante: Sou uma mulher hidratada. NAODSHOSAHNOUASH BRINCADEIRA, na verdade eu sou mesmo, agora eu só preciso aprender a gostar de cozinhar, porque eu + cozinha + sozinha = comer qualquer besteira, então tenho que maneirar nisso ai.

Enfim, a conclusão que eu nunca tenho né: Queria dizer que ser adulto é muito difícil, mas se você tem um meio de transporte próprio as coisas se resolvem mais facilmente. 

#QueroTransporteUrbanoQuePasseMaisRápidoParaPoderResolverAsCoisasMaisRápido

Amizades e amizades

|| || Nenhum comentário ♡


[03 - BEDA]

Essas férias eu posso dizer que eu amadureci muito em questão de amizades e percebi que realmente na vida as coisas dependem de como você trata e zela com o tempo.

Muitas amizades duram anos, outras se desfazem por desgaste e abusos, e algumas por besteira, falta de maturidade de algumas ou ambas as partes. É difícil e fácil ao mesmo tempo falar sobre esse assunto, porque mesmo que as pessoas digam que amizades não são pra sempre, existem aquelas pessoas que vão te marcar, mesmo que por alguma razão vocês não se falem mais.

Vou contar algumas estórias aqui sobre amizades. A primeira delas é sobre minha mãe; ela já está com 55 anos, e recentemente ela com a ajuda das redes sociais (olha só, pelo menos existem coisas pelas quais elas servem ainda) encontrou uma amiga da época de sua adolescência. Elas conversaram, e foi tudo muito emocionante. Contaram coisas, riram, e choraram também, até mesmo marcaram de se encontrar novamente, e eu penso que vai ser um dia muito emocionante. Aqui é um exemplo de amizade que se perdeu sem razão alguma mas que se manteve cultivada.

Outro exemplo desse tipo de amizade, foi uma que aconteceu comigo. Eu e minha amiga ficamos praticamente 2 ou 3 anos sem nos falarmos, por questões de faculdade, tempo, falta de contato e etc. Mas eu mesma achei que por alguma razão nosso vínculo foi cortado, mas resolvi ao menos tentar uma última vez. Coloquei meus sentimentos no direct do instagram, e logo ela me respondeu. Conversamos bastante e hoje em dia temos contato sempre, inclusive até fui dormir na casa dela esses dias, e era como se esse período que ficamos afastadas não tivesse ao menos existido.

Já existem amizades em que as pessoas não sabem ter maturidade o suficiente para resolver. Eu chamo de "as famosas brigas de crianças, só que de adultos (?)", na verdade eu ainda não decidi um nome, mas eu penso assim; até mesmo porque crianças brigam e logo estão amigas, mas adultos dificilmente voltam a se falar. Então na minha vida de suposta adulta, perdi amizades dessa forma, e isso é bem sem sentido pra mim. Motivos plausíveis se deve existir, mas penso que se aconteceu, é porque realmente não era pra ser.

Ah! Tem aquelas amizades que acontecem por convívio e que acabam sendo amizades incríveis. As vezes por conta de hobby você conhece e aprende sobre pessoas novas e se admira com elas, se diverte com elas e tudo isso leva a uma amizade maravilhosa. Fiz amigas assim que espero levar no meu coração, porque além de serem incríveis, eu tenho aprendido e vivido muitas coisas que até então nunca havia me dado o luxo, e isso é super feliz. #Ficadica: até mesmo na zona de conforto dá pra se aprender e viver a vida loucamente.

Tem amizades de anos e que você faz na escola? TEM SIM! Tenho dois círculos de amigos que já fazem anos que estamos juntos. Um deles, nós nos conhecemos a praticamente 10 anos, e o outro a 6 anos. Todos eles conhecidos na escola, e mantemos contatos e a única coisa que mudou foram as nossas escolhas pessoais e a falta de tempo, porque de resto tudo está lindamente intacto.

Nossa, eu to só a maria escritora *risos* e nem cheguei no ponto que eu queria chegar. Na verdade eu ando escrevendo e nunca existe um ponto final. O que eu queria dizer na postagem de hoje é que as amizades não segue uma linha só. Existem idas e vindas, aqueles que vem pra ficar e outros que não querem ficar, existem tantos tipos, e cada uma delas nos aprendemos um pouco, pode ser feliz ou triste, podem cortar ou não laços com outras pessoas, mas não deixa de ser algo que se estiver tudo bem, podem fazer seu dia melhor e sua vida melhor também.

Mais uma postagem sem pé nem cabeça, mas estamos ai ♥


A vida é curta, e coisas fúteis me consomem

|| || Nenhum comentário ♡

[02 - BEDA]

Eu ia falar sobre minhas férias e algumas realizações dela, mas vou deixar para depois, pelo simples fato de quando eu me preparava para começar a escrever, em uma período de aproximadamente 10 minutos, eu simplesmente olhei as notificações do meu celular umas 4 vezes. E resolvi falar sobre isso primeiro. 

Eu não sei vocês, mas eu não suporto ter inúmeras redes sociais de conversa, e que expõe sobre nossa vida de forma tão rápida. Obviamente, uma delas é o whatsapp, e eu definitivamente odeio TER que possuir esse aplicativo. Eu digo "ter", por questões de necessidade, como por exemplo: faculdade, auto-escola, grupo de dança, aula de hip-hop, enfim, assuntos que eu preciso estar atenta sobre o que está acontecendo, só que paralelamente, existem as conversas desnecessárias e que simplesmente sugam minha vida de uma forma bizarra. 

Não só whatsapp. Snapchat, instagram, messenger, são o exemplo de aplicativos que eu possuo simplesmente para saber da vida alheia, porque eu mesma raramente uso, então não vejo necessidade de possuir, mas ainda assim as tenho. É contraditório, eu sei, mas vamos continuar com essa explanação. 

Em alguma postagem aqui no meu blog, eu devo ter dito que fiquei praticamente 6 meses sem usar whatsapp, e o modo como minha vida andou, foi incrível. Eu estudava mais, lia mais, me exercitava mais, e tinha uma qualidade de sono perfeita. Tudo isso porque exclui UM aplicativo. A minha teoria se baseia em que eu ocupo demais o meu tempo preocupada com as outras pessoas, e esqueço de cuidar de mim. O que não é mentira alguma, meu deus, eu estou acabada.

E novamente, eu acabei de parar para ver se tinha mais alguma notificação no celular. 

Vê como essa merda toda é viciante?! Eu simplesmente não consigo tirar 30 minutos para escrever sem me preocupar se tem alguém precisando de mim, ou precisando de algo, ou se alguém postou algo. Isso é estressante. Eu não quero me preocupar com os outros, quero me preocupar comigo, e apenas comigo. A tal Crise dos Vinte, me faz pensar que no momento a única pessoa que merece minha atenção sou eu. Estou numa idade em que eu preciso realizar os feitos da minha vida, senão quando chegar aos 25 anos, eu vou me arrepender de não ter começado hoje.

Infelizmente eu não posso jogar pro alto e fingir que nada nunca existiu. 

Olha, se tem uma coisa que eu detesto é dar satisfação pra qualquer pessoa que não seja minha mãe. Ela é a única pessoa no mundo que tem total controle sobre minha vida, então eu devo apenas a ela. Sabe, ás vezes eu tenho vontade de só sumir. De apagar todos esses aplicativos, e ter tempo único e exclusivo pra mim, e atualmente estou pensando em algum plano para que eu possa usar ao menos algum desses aplicativos só quando me convém, porque eu estou estressada.

Eu gosto de ouvir as pessoas e tal, mas chega um momento que fica insuportável. Eu tenho meus problemas como qualquer outra pessoa, só que as pessoas abusam. Elas trazem a vida pessoal totalmente e integralmente para um aplicativo de conversas inútil, e se aproveitam dele pra falar coisas que não tem coragem de jogar na sua cara. Aconteceu algo esses dias que eu fiquei puta, e é simplesmente dessa comodidade de falar tudo escondido, sem olhar nos olhos. 

Outra coisa são aquelas pessoas na qual despejam tudo que precisam na sua cara e não dão chance pra você falar nada. Onde nada no mundo, até o pior dos seus problemas cala a boca dessa pessoa pra ela te deixar em paz. Porque ninguém respeita o seu tempo? Porque aquele botãozinho assim que fica azul você deve algo pra alguém? Porque simplesmente o aplicativo não pode mostrar só o seu nome, e quando você PUDER e QUISER responder sem precisar ficar causando intriga por causa de uma coisa tão ridícula. Eu falo isso dos outros, mas eu mesma sou assim, essa merda te deixa com um nível de ansiedade fodido, onde você precisa responder ou precisa de uma resposta. Isso é tão tóxico, é tão problemático, é tão perturbador, é como sentir o inferno na sua cabeça..... Ou pelo menos eu me sinto assim, vai ver eu sou louca. 

Enfim, eu não tenho uma forma de concluir esse assunto, porque eu falaria muito mais sobre como isso destrói minha vida aos poucos, e me deixa louca. Mas isso duraria dias e dias, então vou encerrar dizendo: Gostaria de ser aquelas velhinhas que só vêem televisão, e ficam na porta da rua vendo as coisas acontecerem, podem ter certeza que a mente delas está tranquila.

#PAZ

Para além das flores

|| || Nenhum comentário ♡
  
[01 - BEDA]

Eu acabei de decidir que vou fazer um BEDA. Já expliquei do que se trata aqui, mas infelizmente não vou estar vinculada a nenhum projeto esse ano, pelo simples fato de que eu não quero procurar sobre, eu só preciso escrever. 

Atualmente eu ando uma pilha, mas é algo que está muito interno. Me sinto calma, me sinto confiante e eu estou feliz, mas infelizmente existe algo que anda me angustiando, e acredito que só vou melhorar colocando pra fora para o vazio, e aqui definitivamente sempre foi e sempre será o mesmo lugar. Para o primeiro dia do BEDA, eu gostaria de falar coisas aleatórias, afinal de contas, nem eu sei por onde começar. 

Quero dizer, começar pelo começo sempre será a melhor opção, mas o que fazer quando você ao menos sabe onde começa toda a sua confusão?! Bom, eu só sei que eu estou cansada de abrir meu blog e não poder escrever. Eu me prendi a ideia de que eu tenho que escrever para alguém, mas a essa altura do campeonato, eu devo entender que esse é o único lugar onde eu posso escrever de mim, e por mim. É claro que eu me importo com quem acompanha o blog, e esse é o motivo de eu nunca escrever já que eu penso demais e não sai "conteúdo", então acho que o melhor é voltar a me habituar ao que sempre foi, e esse blog nunca passou de um mero diário informativo e doido sobre minha vida, vê-se isso muito bem pelas postagens de 2012, então eu quero mostrar novamente o que sou, e como estou e em ser eu mesma. 

É claro que vou dividir essas postagens, porque minha oscilação de humor anda incrível e parece cada dia que passa todas as minhas metas e objetivos estão indo cada vez mais longe e se hospedando no tão sonhado fim do arco-íris onde o pote de ouro se esconde e eu infelizmente não consigo chegar. Pode parecer meio melancólico, mas existem coisas na  minha vida que sugam toda a minha vitalidade, e não é de se espantar que com meus 20 anos, eu esteja com mais fios brancos na cabeça do que meus colegas, e cada vez perdendo ainda mais o controle da minha vida. 

Enfim, eu vou contar pra vocês em breve.... , até o BEDA 02.